O Labpexca
Laboratório de Ensino, Pesquisa e Extensão Pesqueira de Comunidades Amazônicas

O LABPEXCA é vinculado ao grupo de Estudos Socioambientais Costeiros (ESAC) e faz parte da Faculdade de Engenharia de Pesca do Instituto de Estudos Costeiros do campus Bragança da UFPA. Fundado em 2014 o LABPEXCA dá suporte as aulas práticas de algumas disciplinas, como “Extensão Pesqueira e Aquícola”, “Técnicas em Educação Não-Formal”  e “Sociologia aplicada a comunidades pesqueiras” da graduação do curso de Engenharia de Pesca. São disciplinas com parte prática, em que recebemos as mestras e os mestres dos saberes de atividades pesqueiras, agroextrativistas e culturais. No que tange as atividades de pesquisa e extensão o LABPEXCA é composto por alunos da graduação de diferentes cursos e dos Programas de Pós-Graduação em Linguagens e Saberes da Amazônia, o PPLSA, e em Estudos Antrópicos na Amazônia (PPGEEA). 


Desde 2014, o LABPEXCA junto ao grupo ESAC tem promovido o desenvolvimento do pensamento crítico, formado através da indissociabilidade das atividades produzidas e transmitidas, e a socialização do conhecimento através da pesquisa, ensino e extensão. São projetos realizados com vários parceiros e comunidades de pescadoras e pescadores (“Embarcando nos saberes locais da pesca da Amazônia”; "Cartografia social das comunidades extrativistas do litoral da Amazônia”; "Paneiro do mangal”: viabilizando o escoamento de produtos extrativistas da Reserva Extrativista Marinha Caeté-taperaçu; "Encurtando os elos”: emancipação socioeconômica dos pescadores e pescadoras artesanais da Reserva Extrativista Marinha Mãe Grande de Curuçá), carpinteiros navais (“Artesãos das águas: programa de valorização dos carpinteiros artesanais e do patrimônio naval pesqueiro da Amazônia”; “Navegar é preciso”: diagnóstico das embarcações pesqueiras, relações sociais e saberes incutidos na carpintaria naval paraense), e povos indígenas (“Floresta Viva Tembés: práticas e vivencias interculturais em agroecologia”; “Embarcando nos saberes da pesca indígena: produção de material didático intercultural nas escolas Tenetehar-Tembé”). 

Quem somos
Roberta_.jpg

Roberta Sá Leitão
Coordenadora

LABPEXCA.png

Marcelo
Pesquisador

20210317_154010.jpg

Érica Gimenez
Pesquisadora

LABPEXCA.png

Marcelo
Pesquisador

LABPEXCA.png

Myriam Sá Leitão
Pesquisadora

LABPEXCA.png

Bill
Pesquisador

Aldeize 2.jpg

Aldeíze
Aluna

eu.jpeg

Amós Amorim
Aluno

Angela Ferreira.jpeg

Ângela Ferreira
Aluna

WhatsApp Image 2021-06-29 at 11.53.31.jpeg

Carminha
Aluna

1620997079164.jpg

Giselle Silva
Aluna

20190628_141743.jpg

Kássia
Aluna

Larissa Melo.jpg

Larissa Melo
Aluna

IMG_20201217_112737.jpg

Mayra Tavares
Aluna

Raélida Santos.jpg

Raélida Santos
Aluna

Produção científica

Projetos de extensão
-ARTESÃOS DAS ÁGUAS: programa de valorização dos carpinteiros artesanais e do patrimônio naval pesqueiro da Amazônia Promover a produção de material didático alternativo contextualizado nos saberes indígenas;
- FLORESTA VIVA TEMBÉ: práticas e vivências interculturais em agroecologia;
- PANEIRO DO MANGAL: viabilizando o escoamento de produtos extrativistas da Reserva Extrativista Marinha Caeté-Taperaçu;
- ENCURTANDO OS ELOS: emancipação socioeconômica dos pescadores e pescadoras artesanais da Reserva Extrativista Marinha Mãe Grande de Curuçá em tempos de crise sanitária;
-MEXERICOS NA MARÉ: popularização da ciência através de podcasting;


Projetos de pesquisa
- NAVEGAR É PRECISO: diagnóstico das embarcações pesqueiras, relações sociais e saberes incutidos na carpintaria naval paraense. 

Orientações de alun@s
Co-orientação de Doutorado
- Rebecca Borges (International Graduate School for Marine Sciences - Centro de Ecologia Marinha Tropical /UBremen). Spatial planning in Brazilian mangroves: promoting awareness of zoning strategies in protected areas using an ecosystem services approach.

- Maria Eduarda Garcia de Sousa Pereira (Programa de Pós-Graduação em Ciência Animal). Bioecologia e pesca do camurim Centropomus undecimalis (CENTROPOMIDAE - PERCIFORMES) na zona costeira amazônica brasileira: contribuição dos atores da pesca para o manejo pesqueiro.
- Lol Iana Dahlet (International Graduate School for Marine Sciences - Centro de Ecologia Marinha Tropical /UBremen). Em andamento.“Fishing resource appropriation off the Brazilian Amazonian coast: dynamics, conflicts and prospects. A transdisciplinary analysis”,

Mestrado
- Nereu Cavalcanti CoelhoJornada ao centro da COHAB: Pesquisa-ação e Ecopedagogia em Conjuntos Habitacionais e Escolas. (PPGEEA-UFPA Castanhal) (Experiências no Cerrado e na Amazônia).

- Karina Borges CordovilKa’a name mai já saka: territorialidade e identidade, por uma etnografia da Alimentação Ka’apor sob à ótica decolonial. (PPGEEA-UFPA Castanhal).
- Carla da Silva PaulaAquaponia: uma proposta agroecológica de tecnologia social para o litoral amazônico. (PPGEEA-UFPA Castanhal).
- Cléia Maria de Moraes SousaTessituras de saberes, fazeres e relações de gênero na pesca artesanal em Vila Cuera no município de Bragança. (PPLSA-UFPA Bragança).
- Mailson Lima Nazaré. Saberes e relações socioambientais na comunidade quilombola  Gurupá em Cachoeira do Arari no Arquipélago do Marajó.  (Mestrado em Estudos Antrópicos na Amazônia-UFPA).
- Ellen Cristina da Silva Correa. Estudo do simbolismo presente nas embarcações amazônidas. (Mestrado em Estudos Antrópicos na Amazônia-UFPA).
- Amós Santos Amorim. Memórias de um passado recente: transformações tecnológicas na pesca artesanal em Viseu, Pará. (Mestrado em Linguagens e Saberes na Amazônia-UFPA). Em andamento.
- Carmem Antonieta Trindade da Silva. Relações socioeconomicas presentes nos estaleiros artesanais do nordeste do Pará.  (Mestrado em Linguagens e Saberes na Amazônia-UFPA). Em andamento.
- Manoel de Souza Ramos. Serra Velha: reavivando as memórias individual e coletiva em uma comunidade pesqueira no litoral da Amazônia. (Mestrado em Linguagens e Saberes na Amazônia-UFPA. Em andamento.
- Ângela do Socorro Ferreira Rodrigues. O protagonismo das mulheres ribeirinhas na pesca artesanal: projeto de assentamento agroextrativista Nossa Senhora Do Livramento, Abaetetuba - Pará. (Mestrado em Linguagens e Saberes na Amazônia-UFPA). Em andamento.
- Adrielle Regina Ferreira Miranda.  “Caiu na rede é Peixe”: Consumo De Pescado No Litoral Amazônico, Pará, Brasil”. (Mestrado em Estudos Antrópicos na Amazônia-UFPA). Em andamento.
- Kácia Carlos de Souza. COVID-19 e a pesca artesanal  no litoral norte Brasileiro: impactos e enfrentamentos à pandemia. (Mestrado em Estudos Antrópicos na Amazônia-UFPA). Em andamento.
- Mayra Patrícia Correa Tavares. “A pesca está sem controle no rio Caeté”: a implementação de acordos de pesca na mediação dos conflitos nas águas. (Mestrado em Estudos Antrópicos na Amazônia-UFPA). Em andamento.
- Samantha Tourinho De Picún. Prevenção de acidentes e mapeamento de riscos em estaleiros artesanais na região de Bragança-PA. (Mestrado em Estudos Antrópicos na Amazônia-UFPA). Em andamento.


Graduação
- Tatiane Lopes MoreiraAgromar ontem e hoje: estudo da organização social da associação de agricultores e aquicultores de Nova Olinda, Augusto Correa – PA. 2016. (Engenharia de Pesca-UFPA).
- Leonardo Miranda. Diagnóstico socioeconômico de pescadores e pescadoras artesanais do município de Augusto Correia (PA) em situação de extrema pobreza beneficiados pelo Plano Brasil sem Miséria. 2016. (Engenharia de Pesca-UFPA).
- Flávia Cardoso NazarOcorrência e captura incidental de Chelonia mydas (Linnaeus, 1758) (REPTILIA, TESTUDINES) na Baía de Quatipuru-Mirim, litoral amazônico. 2016. (Biologia-UFPA).
- Alessandro dos Santos Cavalcante. Aspectos sociais e organizacionais de pescadores artesanais no litoral amazônico brasileiro.
-
Barbara Cristina Santos de Brito.  Conhecimento local e percepções sobre a pesca artesanal na vila Cuera, Bragança (PA).

Roberta Sá Leitão

Instructor